"Zombar da filosofia, é na realidade, filosofar" (Pascal)

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Ser pesquisador ou não-ser? Eis a questão...

A primeira grande questão quando um profissional recém formado em filosofia escuta é a seguinte: “irás somente dar aula?”, para muitos a resposta seria um enorme “sim”, no entanto, existem outras possibilidades que não esta de um filósofo sobreviver.
Mas então como? A resposta vem sendo alicerçada através da disponibilidade de empresas para o financiamento de projetos, bem como a sua aprovação e execução no âmbito social.
A seguir seguem-se informações sobre algumas instituições que tem o caráter de financiamento e/ou auxílio aos organizadores de projetos, em especial, relacionados ao meio social.

Sites que propiciam financiamento e/ou auxílio:
FUNDAÇÃO ARAUCÁRIA:
Como encontrar? WWW.funcaçãoaraucaria.org.br
Como entrar? Acessar o link projetos, há um edital para o financiamento todo ano.
Quais temas financia? Disseminação Científica e Tecnológica, Formação de Pesquisadores e Fomento à Pesquisa Científica e Tecnológica.
Quais tipos de produção financia? “Amparar a pesquisa e a formação de recursos humanos, visando o desenvolvimento científico, tecnológico, econômico e social do Estado do Paraná”
O que solicita? “• O coordenador proponente deve possuir vínculo empregatício com instituição de ensino e/ou pesquisa, legalmente constituídas, quer na forma de universidades, faculdades, institutos, fundações, sociedades científicas ou culturais, sem fins lucrativos, sediadas no Estado do Paraná.
• O coordenador deverá estar em plena atividade de pesquisa em sua instituição de origem, não cabendo a ele a solicitação de apoio da Fundação Araucária quando ausente, ou em vias de afastamento temporário para quaisquer fins.
• Existência de Chamada de Projeto em vigência.
• Ausência de pendência para com a Fundação Araucária (relatórios técnicos e/ou prestações de contas).
• Cadastro do coordenador/pesquisador e da respectiva instituição no Sistema de Gestão de Projetos - Sigep.
• Submeter as propostas por via eletrônica (Sigep), e encaminhar uma cópia impressa do resumo do projeto cadastrado, devidamente assinada pelo proponente/coordenador e pelo responsável pela instituição(*), via correio, para o endereço:
Fundação Araucária (Nº Chamada/Ano)
Av. Comendador Franco, 1.341 - Cietep - Jardim Botânico
80.215-090 - Curitiba - PR
• Anexar ao sistema eletrônico os documentos solicitados na Chamada de acordo com as especificações de formato e modelo.
• Cumprir todos os requisitos especificados nas Chamadas.
(*) Considera-se responsável pela instituição no caso das universidades, o Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação e, nas demais instituições o seu Diretor Científico, ou equivalentes. “
Qual o produto que exige? “a) utilizar os recursos financeiros liberados exclusivamente para os fins aprovados (não são permitidas alterações no orçamento após a contratação do projeto);
b) apresentar os relatórios técnicos e de prestações de contas dentro dos prazos previstos;
c) fazer referência ao apoio da Fundação Araucária nas teses, dissertações, artigos, livros, resumos de trabalhos apresentados em reuniões e qualquer outra publicação ou forma de divulgação das atividades inerentes ao projeto;
d) cumprir os prazos relativos à atualização no Sigep dos relatórios técnicos parciais e finais e das respectivas prestações de contas, de acordo com o que estabelece o Convênio ou Termo de Outorga;
e) informar sobre auxílios ou bolsas pleiteados para o mesmo fim;
f) não acumular auxílios ou bolsas.”
Mais informações, acesse o site.

Cnpq
Como encontrar? WWW.cnpq.br
Como entrar? Preencher formulário,e este deve ser preenchido corretamente, caso contrário será recusado, procurar a página no site do CNPq.
Quais temas financia? “Destinada ao fomento da pesquisa científica e tecnológica e à formação de recursos humanos para a pesquisa no país.”
Quais tipos de produção financia? Pesquisas científicas e tecnológicas.
O que solicita? “As bolsas devem estar necessariamente vinculadas a projetos e são gerenciadas por seus coordenadores. Os projetos são selecionados em função de editais do CNPq, de convênios do CNPq com Ministérios ou suas Secretarias, órgãos do Governo Federal ou Estadual, Secretarias estaduais ou municipais, Fundações de Amparo à Pesquisa estadual ou, a critério dos Diretores do CNPq, outras instituições de ensino, pesquisa e desenvolvimento científico e tecnológico públicas ou privadas.”
Qual o produto que exige? “a) executar as atividades programadas em seu plano de trabalho; b) apresentar ao coordenador relatórios de atividades, parciais ou final, conforme o caso. “
Mais informações, acessar o site.

CAPES:
Como encontrar? WWW.capes.gov.br
Como entrar? Através de editais.
Quais temas financia? Temas relacionados a expansão e consolidação da pós-graduação strictu sensu.
Quais tipos de produção financia? Produção universitária.
O que solicita? “A CAPES concede bolsas de estudo no Brasil visando estimular a formação de recursos humanos de alto nível, consolidando assim os padrões de excelência imprescindíveis ao desenvolvimento do nosso país.”
Qual o produto que exige? Projetos que possibilitem a expansão dos programas de pós-graduação.
Informações, acesse o site.

FUNDAÇÃO ROBERTO MARINHO:
Como encontrar? http://www.frm.org.br/
Como entrar? O projeto deve ser submetido a um exame antes da aprovação.
Quais temas financia? Meio ambiente, educação, cultura e sociedade.
Quais tipos de produção financia? Produção de cunho social.
O que solicita? A instituição pede que o projeto seja acompanhado por um técnico especializado.
Qual o produto que exige? Projetos relacionados ás áreas da cultura, educação e meio social.
Dúvidas, acessar o site.

* A seguir há o endereço de alguns sites de bancos, que basicamente tem a mesma linha de pesquisa e admissão de projetos.
HSBC:
Como encontrar? http://www.hsbc.com.br/
Como entrar? Submissão de projeto a critérios próprios de avaliação da instituição.
Quais temas financia? Visam temas sociais, que possibilitem o ingresso dos indivíduos na sociedade.
Quais tipos de produção financia? Projetos de engajamento social
O que solicita? Critérios e avaliação própria da empresa.
Qual o produto que exige? O projeto contemplado deve estar de acordo com os temas propostos pela empresa.
Dúvidas, acessar o site.

ITAÚ:
Como encontrar? http://www.itau.com.br/
Como entrar? Submissão de projeto a critérios próprios de avaliação da instituição.
Quais temas financia? Visam temas sociais, que possibilitem o ingresso dos indivíduos na sociedade.
Quais tipos de produção financia? Projetos de engajamento social.
O que solicita? Critérios e avaliação própria da empresa.
Qual o produto que exige? O projeto contemplado deve estar de acordo com os temas propostos pela empresa.
Dúvidas, acessar o site.

BANCO DO BRASIL:
Como encontrar? http://www.bb.com.br/
Como entrar? Submissão de projeto a critérios próprios de avaliação da instituição.
Quais temas financia? Visam temas sociais e culturais, que possibilitem o ingresso dos indivíduos na sociedade.
Quais tipos de produção financia? Projetos de engajamento social.
O que solicita? Critérios e avaliação própria da empresa.
Qual o produto que exige? O projeto contemplado deve estar de acordo com os temas propostos pela empresa.
Dúvidas, acessar o site.

Por fim, algumas (outras) instituições possibilitam um financiamento ou um voluntariado em suas organizações. A seguir a relação: FINEP, Give, Financiar, FAPESP, Boticário, Vale do Rio Doce, Bnds, Petrobras, Auçuba, Escola da Juventude e responsabilidadesocial. Todas elas permitem um campo diferente de projeto e empenho do organizador; conferir estes sites é uma bom recurso para um investimento em sua carreira intelectual como pesquisador.

Todavia, a última questão a ser proposta em atividade foi apontar em qual destas instituições eu inscreveria meu projeto. Pois bem, a instituição escolhida seria um banco (ITAÚ, HSBC ou BANCO DO BRASIL), pois, dessa forma, com o tema de responsabilidade social e cultural poderia estabelecer um parâmetro singular da filosofia no cotidiano dos brasileiros na sociedade.

2 comentários:

Jang Gabriel disse...

Parabéns, seu texto está claro e bem escrito, porém longo de mais para estar em um blog.

Juliana disse...

Condordo contigo com relação ao texto, porém, foi uma exigência de colocar todas estas informações. E não vi outra forma, a não ser esta, de elaborar o respectivo texto.

Obrigada pelo comentário...