"Zombar da filosofia, é na realidade, filosofar" (Pascal)

sexta-feira, 7 de março de 2008

Filósofos e Terapeutas

O cuidado de si sempre foi uma grande preocupação dos grandes pensadores da filosofia. Estes são considerados os terapeutas de si mesmo, pois a cura foi sempre a grande busca para tratar a psique humana (que sofre de depressão, angústia,...).
O filósofo é encarado como o médico das almas, tem o poder em suas mãos na busca da sabedoria que está em si mesmo. Para a cura há a necessidade do cultivo de si mesmo e relações que propiciem o caminho por si só o viés da cura, como as relações de amor e amizade.
Para os pitagóricos, baseados na matemática, o caminho para atingir a cura seria por meio de exercícios propedêuticos que impulsionariam a libertação da alma. Já os cínicos (Diógenes – vida de cachorro), viam na natureza, e somente nesta, o meio para conquistar a cura, visando uma vida com princípios de autenticidade e sem artifícios, por meio da natureza especificamente.
Já para Epicuro o caminho para a cura é demonstrado e alcançado somente por meio da verdade, e o tocante deste pensamento é que o pensador coloca que não é possível acabar com a dor, mas há a possibilidade de diminuí-la.
Outro aspecto com relação à cura, também é mencionado através da relação igreja-bruxaria, onde estes sabem sobre a vida e a morte dos indivíduos. Por outro lado, Rousseau aponta que para alcançar a cura deveríamos repensar os conceitos, as práticas e as certezas.
Por fim, a inscrição no templo de Delfos aponta a melhor saída para todas as crises que acercam toda a vida, e em especial a psique humana que necessita constantemente memorizar a importância da frase: “conhece-te a ti mesmo”.
No livro intitulado Filósofos e Terapeutas – em torno da questão da cura, vem de encontro com esta definição, e através dos pensadores clássicos quer apontar seu ponto de vista por meio de suas explanações.

Um comentário:

Tiago Evaristo disse...

Olá, Ju!
Fiz um comentário à respeito do teu texto em meu blog. Gostaria que você comentasse se concorda ou não. Até mais!