"Zombar da filosofia, é na realidade, filosofar" (Pascal)

sexta-feira, 7 de março de 2008

O surgimento da Filosofia

A partir do momento em que o homem passou a questionar o por quê de sua existência e do mundo, este já estava caminhando para o filosofar, no entanto, o mérito do surgimento e nascimento da filosofia deve-se aos gregos; pois estes foram os precursores nas investigações cientificas que antes eram explicadas por antigas construções mitológicas.
Há a incerteza com relação ao caráter do surgimento da filosofia. Visto que há historiadores que defender o seu surgimento por parte do orientalismo, todavia, o ocidentalismo é bem mais aceito em nossa sociedade, pois foram estes que importaram um plano sistemático e mais detalhado sobre as investigações filosóficas.
Os poemas exerceram grande influência no pensar dos gregos, através destas obras eram transmitidos, juntamente com a mitologia, os fatos históricos e os modos de pensar da sociedade exigente. Um exemplo disto está nos relatos de Homero, nos escritos de Ilíada e Odisséia, que narram conflitos que transformaram a vida do homem grego. O período homérico, ou a epopéia homérica foram de grande valia para proporcionar uma visão panorâmica da Grécia. O que permitiu compreender em partes alguns dos fatores que levaram ao surgimento de filosofia. As primeiras noções filosóficas são vistas nas obras deste grande escritor.
Noções da areté eram apresentadas já nestes escritos, mas com uma visão não tão estritamente de cunho exclusivamente filosófico (a noção de virtude que era usado mais com o intuito de um caráter cavalheiresco por parte dos indivíduos na sociedade).
Outro fator essencial para a compreensão da origem filosófica é o valor atribuído aos mitos para explicar a realidade bem como os arquétipos de humanos existentes na Antigüidade.
Esta preponderância permitiu que do mito pudesse surgir a filosofia, que através primeiramente das epopéias (Homero, por exemplo) se propagassem um modo de pensar crítico e racional. Posteriormente, a filosofia adquiriu muitos adeptos os quais a adequaram e fizeram explanações sobre seus conceitos.
Todavia, a partir do instante em que a reflexão, o pensamento crítico e as noções primordiais são levados a um novo conflito de idéias, será sempre possível um “ressurgimento da filosofia”. Isto foi comprovado e ainda será no decorrer de toda a história da filosofia, pois os maiores pensadores de todas as épocas querendo ou não utilizaram destes meios para atingir e sustentar uma tese sobre seu ponto de vista e a sua concepção para com as noções básicas de todos os arquétipos.
Um exemplo claro desta noção, é o caráter extremamente filosófico e o valor concedido aos primeiros pensadores, como Tales de Mileto, Parmênides e Heráclito. Os quais serão sempre levados em conta nas explanações de vários filósofos. Já os pensadores clássicos como Sócrates, Platão e Aristóteles têm um valor “metafísico” (como algo que não há palavras para interpretar e demonstrar a importâncias destes pilares da filosofia) que ultrapassa todos os limites de nossa existência.

10 comentários:

josivania disse...

gostei muito

josivania disse...

gostei muito desse modo vou indicar a meus amigos

Anônimo disse...

A FILOSOFIA E INTERESSANTE PELOS MITOS E PELA SUA CONCEPÇÃO D A LINGUAGEM DOS GREGOS COM OS SEUS DEUSES E SUAS CRENÇAS E ASSIM A FILOSOFIA SE TORNA INTERESSANTE

polly disse...

a filosofia é bastanta ampla do seu conhecimento no qual favoreçe a humanidade estabelecendo uma rede que nós possamos implicar nesta fil,osofia e nos faz pensar, ou seje filosofar..

Evandro disse...

Excelente texto! Adorei o conteúdo dessa matéria. Indico à todos..., parabéns.

Juliana Kureke disse...

Obrigada! Este ano pretendo postar mais textos relacionados ao pensar filosófico.

Anônimo disse...

a filosofia e mto interessante...

Anônimo disse...

Legal isso ajudou pa caramba

Anônimo disse...

Qual a referência bibliográfica

Juliana Kureke disse...

A referência meu caro, é a minha mente... Att.