"Zombar da filosofia, é na realidade, filosofar" (Pascal)

sexta-feira, 4 de abril de 2008

Jesus de Scorsese

" Se deus fez este mundo, eu é que não gostaria de ser este deus:a miséria aqui presente despedaçaria meu coração" (Arthur Schopenhauer)

Nesse aforismo de Schopenhauer, é possível fazer um comentário sobre a personagem de Cristo do filme de Scorsese. Há a evidência de um Cristo fraco, deprimente e sem convicções, o que o tornaria muito frágil e incapaz de conseguir o fim último de Deus: a remissão dos pecados da humanidade.
A frase do filósofo alemão tem o intento de demonstrar que o mundo é um verdadeiro caos sim, no entanto, existe a possibilidade de amenizar a situação presente.

2 comentários:

Rodrigo disse...

Não vejo possibilidade de amenização do sofrimento nessa frase...

Juliana Kureke disse...

A minha intenção ao colocar esta frase, foi a de que, se quem a lesse teria a capacidade genial de interpretá-la de uma forma diferente, à qual é possível com um pouco mais de tempo sobre os escritos de Schopenhauer... compreendo o que tu escreveu e concordo, só que a minha intenção foi além da frase, estava escondido nas entrelinhas do pensamento... tudo de bom pra ti...